* Resenha #41 * Então, conheci minha irmã.

Olá meus amores, tudo bem com vocês? 
Estou aqui para falar de uma resenha muito legal. Esse livro  me contagiou de uma forma muito legal. 
Estava eu na Bienal do Rio esse ano e no estande em frente ao trono de ferro estava este livro, muito lindo e piscando para eu comprar, sendo que eu só tinha 30 reais - hahahaha - Ou eu comprava ele ou comprava o livro Um ano inesquecível, da mesma editora. Claro eu escolhi Um ano inesquecível, pois a Babi estava autografando e eu fui lá correndo pegar o autógrafo da Diva. rs
Porém fiquei com isso na cabeça, aí na primeira oportunidade comprei Então, conheci minha irmã. Já li e vou falar sobre ele aqui. 
Vamos conferir ?? 


Título : Então, conheci minha irmã.
Autora (a):  Christine Hurley Deriso
Nº Páginas:  240
Editora: Gutenberg
Ano:  2014
Sinopse: 
Summer Stetson não conheceu sua irmã. Sua mãe engravidou dela assim que Shannon morreu, aos 17 anos, em um terrível acidente de carro, que se chocou com uma árvore. Ao longo de sua vida, Summer acostumou-se a assistir seus pais repetirem o quanto a irmã era perfeita, amada e boa filha, e por isso sempre acreditou que fosse uma decepção para eles. Ao fazer 17 anos, recebe da tia de presente o diário que Shannon escrevia até o dia de sua morte. Ao ler aquelas páginas para saber mais sobre a irmã, acaba descobrindo alguns segredos, e a cada revelação, sobre a família e sobre si mesma, entende que a verdade pode ser, por vezes, dolorosa, mas nunca deixará de ser libertadora.

Então, conheci minha irmã é uma história muito emocionante. Conta a história de Summer, uma jovem de dezessete anos que vive à sombra de sua irmã Shannon, já falecida. 
Summer não sabe muito sobre a irmã, mas um corredor e o quarto intacto de Shannon a faz se sentir inferior todos os dias de sua vida. 

No inicio do livro é aniversário de Summer e sua mãe super exigente, reúne todos em um restaurante japonês, inclusive Gibson, o amigo nerd e muito estudioso de Summer. 
No dia seguinte sua tia Nicole entrega o diário de Shannon para Summer, diz que ela pode ler ou não ler, ela que decide e aí Summer começa a conhecer sua irmã. Quando começa a ler o diário, ela percebe o quanto sua irmã não era perfeita, era ingênua e até mesmo estúpida às vezes. 
Shannon era muito estudiosa, inteligente, nada diferente de Summer, mas como ela acha sua mãe muito controladora, ela segue o caminho rebelde de ser. 

Sobre o livro, eu gostei muito de verdade. Eu tinha uma expectativa muito boa sobre ele, foi amor a primeira vista. Porém vou confessar que no meio da leitura foi ficando muito arrastada, eu não estava mais aguentando as investidas de Summer, e aí no final mudou tudo. Eu gostei do final. 
Eu senti uma consideração muito forte por aquela família. 
Pois o livro fala sobre isso, sobre se conhecer e sobre entender a família. A autora conseguiu transmitir essa sensação de acolher os personagens, e o mais legal de tudo ela conseguiu deixar Shannon presente em todo o livro, mesmo não estando viva. 
Sobre a diagramação, está linda. A capa é brilhosa e as capas são numeradas e amarelas. 

"Minha irmã não é uma garota qualquer com olhar vago, que masca chiclete com a boca aberta no corredor sete do supermercado. Ela é... espetacular. Sei disso. Sinto isso. Quem é você, irmã? Você está aí? Você também sente a minha presença?" Página 141.

Espero que vocês entrem nesse mundo e adicionem essa leitura na lista de vocês, pois ela realmente me chamou a atenção. 
Fiquei muito contente com essa leitura!! E fiquei mais contente ainda que a Editora Gutenberg postou minha fotinha no Instagram deles *--*



🌟🌟🌟🌟🌟

Espero que tenham gostado da resenha, foi feita de coração

Beijinhos *----*

15 comentários:

  1. Oooi, gostei da sua resenha, fiquei com vontade de ler esse livro! Vou adicioná-lo na minha lista.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Leia sim, ele é o máximo *--*
      Obrigada por comentar , beijos!

      Excluir
  2. Rachel amor que bom saber suas impressões dessa leitura. Adorei sua narrativa de como conheceu e decidiu que queria ler o livro =)
    Confesso que o livro não tinha chamado minha atenção antes, mas amei saber que o foco do enredo fica na mensagem e importância de conhecer e tentar entender nossos familiares.
    Que bom que vc persistiu no momento que a leitura não estava fluindo e encontrou um final que te agradou.
    Beijos. Desejo mais leituras interessantes, que te acrescente conhecimentos, relaxem sua mente e superem suas expectativas.

    Leituras, vida e paixões!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sempre com comentários lindos,né?
      Eu gostei muito do livro ele me deixou bem no final. foi muito lindo!
      Obrigada por comentar , beijos!

      Excluir
  3. Olá Rachel, tudo bem?

    Queria um livro assim 30 anos atrás... Interessante a história, sua resenha é demais, até mesmo me deu vontade de conhecer o livro, mas depois de uma certa idade as coisas mudam e tenho certeza que não vai ser tão gostosa a minha leitura como foi a sua.

    A ideia que o livro dá: conviver bem com nossa família enquanto temos tempo, me bateu quando assisti um filme que para você deve ser pré-histórico, se é que você já ouvir falar nele: Num Lago Dourado. Pai, filho e neto tentando se entender no pouco tempo que resta para um deles (não dou spoiler).

    Linda resenha!

    Bel Góes
    http://conchegodasletras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Hi baby, tudo bem? eu também estava na Bienal do Rio, só que estava tão focada em tirar a foto no trono de ferro que não vi esse livro kkk gostei bastante da premissa familiar e sua resenha me deixou bastante instigada em lê-lo...

    Lilian Valentim
    http://speakcinema.blogspot.com.br/
    beijinhos

    ResponderExcluir
  5. Olá

    Adorei a capa desse livro!
    Eu gosto quando é focado na família, relação entre irmãos, fiquei interessada de ler, a única coisa que me preocupou um pouco foi a parte que fica arrastada. Mas mesmo assim, se tiver a oportunidade, com certeza vou ler.

    Fernanda
    http://pacoteliterario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Hello! Tudo bem?

    Achei linda demais a capa e o titulo "Então, conheci minha irmã" me chamou a atenção, tb compraria o livro na Bienal hehehe.
    Eu gosto de historias de familia assim, sempre me sinto tocada. Uma pena que teve partes mais arrastadas, que bom que o final te agradou, vou tentar ler sim.
    Beijos!

    LIVROS E SUSHI - https://livrosesushi.wordpress.com

    ResponderExcluir
  7. Ola lindona fico feliz que tenha gostado mesmo com o meio da trama bem arrastado, pelo visto o final do livro superou isso. Não conhecia esse livro mas não me chamou tanta atenção assim. Dessa vez vou deixar passar a dica. beijos

    Joyce
    www.livrosencantos.com

    ResponderExcluir
  8. Olá!

    Não conhecia o livro e tb me interessou muito! Amo livros que tem no enredo alguma perda familiar, gosto da densidade que a maioria tem por esse fator. Vou colocar na wish com certeza!

    Bjus
    Blog Fundo Falso

    ResponderExcluir
  9. Oi!

    Parece ser uma historia interessante, mas muito triste também, tanto para os pais,quanto para a irmã de Shannon, vou anotar aqui para ler, porque realmente me interessei e gostei de como você descreveu o livro

    ResponderExcluir
  10. Hello :)

    Gostei da sua resenha, mas o enredo não me chamou a atenção. Fica pra próxima.

    Beijinhos e que a Força esteja com você!
    Cantinho Cult
    Galera Geek

    ResponderExcluir
  11. Gosto de livros que focam a narrativa nas relações familiares, mas por algum motivo esse não chamou minha atenção. Talvez por ser triste, não estou num momento propício pra essas leituras, mas não sei. Gostei da dica e fiquei feliz que a leitura tenha sido bacana pra ti, mas não me atraiu a ponto de despertar meu interesse.

    ;D
    Profissão: Leitora

    ResponderExcluir
  12. Este livro está há eras na minha wishlist, mas sempre que vejo está caro :( É bom ver uma opinião positiva sobre o livro, porque até então, não tinha lido nenhuma resenha dele.

    http://my-lifeasabookaholic.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Olá... tudo bem???
    Nunca tinha ouvido falar nesse livro... as entendo como determinadas atrações acontecem apenas de olhar uma capa... eu achei a história bem bonita e parece que também foi bem desenvolvidas... dramas familiares com um retrospecto de lição de vida... são temas bem interessantes e que enchem os olhos... fiquei interessada... Xero!!!

    http://minhasescriturasdih.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir